Publicidade

Conteúdo Patrocinado

ACidade ON - Campinas
  •  

As marcas devem acompanhar as oscilações das redes sociais

O TikTok: somente no primeiro trimestre de 2022, os usuários do mundo todo gastaram na plataforma mais de US$ 620 milhões


Divulgação: ACIC
 

Lá se vão 25 anos desde que o SixDegrees (sixdegress.com) surgiu. Considerada a primeira rede social do mundo, a precursora do Orkut chegou a ter aproximadamente 3,5 milhões de usuários antes de acabar, em 1999. 

Hoje, se focarmos apenas nas redes sociais mais conhecidas, temos: o Facebook, com 2.9 bilhões de usuários ativos ao mês, o YouTube, com 2.5 bilhões, o Instagram, com 1.4 bilhão e o TikTok, com 1 bilhão, de acordo com o portal Statista

Divulgação: ACIC

 

Redes Sociais como ferramentas para as marcas 

Muito além de proporcionar diversão e conectar pessoas, as redes sociais são estratégicas para as marcas ampliarem a conexão com os consumidores nos seus micro momentos e potencializarem as vendas.   

Apenas para contextualizar, no primeiro trimestre de 2022, os usuários do TikTok, do mundo todo, gastaram mais de US$ 620 milhões somente nesta plataforma, como mostra o levantamento Digital 2022 Global Statshot, de abril deste ano, publicado em parceria com a We Are Social e a Hootsuite.

Embora o Facebook ainda reine como a maior rede social em número de usuários, o público de publicidade do TikTok cresceu vertiginosamente. O levantamento da Global Statshot traz um dado creditado à Bytedance que mostra que o alcance da publicidade nesta rede se expandiu mais rápido no primeiro trimestre deste ano do que no mesmo período de 2021. 

Quanto ao gasto de US$ 620 milhões já mencionado, ele é referente apenas às compras realizadas com moedas digitais, usadas pelos usuários para oferecer "donativos" para os criadores. O montante total, portanto, seria bem maior se incluísse outras transações ocorridas na plataforma, como publicidade convencional e parcerias entre influenciadores e marcas. 

O crescimento do TikTok serve para reforçar a necessidade de acompanhar o sobe e desce de todas as plataformas digitais antes de desenvolver uma estratégia de marketing para a sua marca. 

Obviamente que os "zoomers" (nascidos a partir de 1995 até aproximadamente 2010) também estão nas demais redes sociais, como Snap Inc, Instagram, Twitter, YouTube. Uma pesquisa da Pew Research revelou que 95% dos entrevistados desta geração usam a plataforma diariamente.

Divulgação: ACIC

 

Influência das gerações 

Hoje, a Geração Z representa 36,7% da população mundial, mas como afirmou Kate Ancketill, CEO do GDR Creative Intelligence, durante a NRF 2022, em 2030, somadas as gerações Z e Alpha (nascidos a partir de 2010) elas totalizarão 50% da população mundial. 

Para esses jovens, o Facebook é coisa de tiozão. O percentual de jovens com idade entre 13 e 17 anos que usa a plataforma caiu para 32% em 2022, enquanto que, em 2015, era de 71%, mostra o estudo da Pew Research. 

Embora ainda não tenham poder de compra tão elevado quanto às gerações anteriores, os "zoomers" já influenciam nos hábitos de consumo das famílias. Foi o que evidenciou o levantamento "Consumer View", realizado pela NRF. De acordo com o estudo, 87% dos pais pesquisados afirmaram sofrer influência dos filhos em relação às compras de artigos variados, de alimentos a viagens. As sugestões dos filhos ocorrem, principalmente, na hora de pesquisar produtos, comparar preços e verificar a disponibilidade dos itens procurados. 

Vale lembrar que, globalmente, 76% dos consumidores compram um produto após virem recomendações de outras pessoas, segundo o relatório State of the User-Generated Content 2022, da TINT. Imaginem, então, se a recomendação for do seu próprio filho.

Divulgação: ACIC

 

Para resumir, um jovem que está lá no TikTok, ou no YouTube, ou em outra rede qualquer, pode induzir um shopper a consumir a sua marca. Então, não se esqueça da célebre frase do bilionário Scott Cook, cofundador e presidente do comitê executivo da gigante de software financeiro Intuit: "Uma marca não é mais o que nós dizemos que é, e sim o que os consumidores dizem uns aos outros sobre o que ela é." 

Para saber mais insights sobre comportamento de consumo e outras tendências relevantes ao mercado varejista, inscreva-se no 10º Retail Conference. O evento ocorrerá no dia 4 de outubro de 2022, das 8h às 18h, na Expo D. Pedro, em Campinas.

 

 

 

 

 


 



Mais notícias